Corvo
Linoano, 22yo, e ultra-hypado para Cyberpunk 2077   Brazil
 
 
Eae! Usa as atividades? Me adicione, provavelmente nos daremos bem.


Sou pseudocrítico de jogos, esqueleto caçador de otacos nas horas vagas, odiado por
todos e também conhecido como ''aquele panaca que odeia Life is Strange''.

Uso o Steam desde 2010 e participo da comunidade desde que ela foi criada, caso
tenha alguma dúvida peço que deixe um comentário no meu perfil, ficarei feliz em
ajudar e responderei assim que possível.

Vale frisar que raramente verifico os convites de amizade que recebo, por isso peço
que deixe o motivo por estar me adicionando no campo dos comentários. Aliás,
não tenho regras para adicionar, mas já vou avisando que não tenho interesse em
quem só joga CS:GO. A única coisa que peço para quem quiser me adicionar é que
não insista em me pedir caridade, eu não doo itens, jogos, ou qualquer outra coisa,
só abrirei exceções para conhecidos e quem já presenteou.

As vezes eu falo bobagens no Twitter , jogo na PSN (linoano), Live (linoano) e no
Switch (SW-3056-1102-3449). Sinta-se livre para me adicionar nessas plataformas
caso queira jogar algum jogo cooperativo/multiplayer.
Currently In-Game
Hentai Girl Karen
Items Up For Trade
1,216
Items Owned
2,574
Trades Made
101,513
Market Transactions
Unfortunately CS:GO trading is not a thing anymore. Since Valve killed it back in 2018 with the 7 days trade hold, I'm not really interested in jump at any crazy offer anymore. But If you still want to overpay for some reason, feel free to send me an offer or leave a comment. By the way, I don't pricecheck skins or middleman pins trading anymore, sorry. If you're looking for a group invitation please request through group page and wait until some mod accept your request.

I'm interested in trade my Steam Trading Cards for any game I don't have, but also trading any games (gifts) from my inventory for CS:GO or TF2 keys, please let me know if you want to trade.

Steam Trades: https://www.steamtrades.com/user/76561198072325646

Trade offer: https://steamcommunity.com/tradeoffer/new/?partner=112059918&token=VSY80HVf

I'm also collecting Steam Gifts and removed games, let me know if you have any for a nice price. All my coupons are going to Coupon Dumspter , feel free to join them.

Я не понимаю русский, пишите пожалуйста на английском))
< ... >
⠀sᴘᴇᴄs
⠀⠀⠀⠀ɪɴᴛᴇʟ(ʀ) ᴄᴏʀᴇ™ ɪ7 7700ᴋ ᴋᴀʙʏ ʟᴀᴋᴇ @ 4.2ɢʜᴢ 8ᴍʙ
⠀⠀⠀⠀ᴇᴠɢᴀ ɢᴇғᴏʀᴄᴇ ʀᴛx 2060 xᴄ ᴜʟᴛʀᴀ 6ɢʙ ɢᴅᴅʀ6
⠀⠀⠀⠀ᴄᴏʀsᴀɪʀ ᴠᴇɴɢᴇᴀɴᴄᴇ ʟᴘx 32ɢʙ (2x16ɢʙ) ᴅᴅʀ4 3000ᴍʜᴢ
⠀⠀⠀⠀ɢᴀᴍᴇᴍᴀx ɪɴғɪɴɪᴛ ᴍ908 ʀɢʙ ʙʟᴀᴄᴋ ᴍɪᴅ ᴛᴏᴡᴇʀ
⠀⠀⠀⠀ᴀsʀᴏᴄᴋ ᴢ270 ᴋɪʟʟᴇʀ sʟɪ/ʙʀ ᴅᴅʀ4 ʟɢᴀ 1151
⠀⠀⠀⠀ʜᴅ sᴇᴀɢᴀᴛᴇ ʙᴀʀʀᴀᴄᴜᴅᴀ 1ᴛʙ 7200ʀᴘᴍ 64ᴍʙ sᴀᴛᴀ III
⠀⠀⠀⠀ssᴅ ᴋɪɴɢsᴛᴏɴ ᴀ400 120ɢʙ
⠀⠀⠀⠀ᴡᴀᴛᴇʀᴄᴏᴏʟᴇʀ ᴄᴏʀsᴀɪʀ ʜʏᴅʀᴏ sᴇʀɪᴇs ʜ55
⠀⠀⠀⠀ᴄᴏʀsᴀɪʀ 600ᴡ | ᴠs600
⠀⠀⠀⠀
⠀ɢᴇᴀʀ
⠀⠀⠀⠀sᴇɴɴʜᴇɪsᴇʀ ɢᴀᴍᴇ ᴏɴᴇ
⠀⠀⠀⠀ᴄᴏʀsᴀɪʀ ɢᴀᴍɪɴɢ ᴋ70 ᴄʜᴇʀʀʏ® ᴍx ʀᴇᴅ
⠀⠀⠀⠀ʟᴏɢɪᴛᴇᴄʜ ɢ203
⠀⠀⠀⠀ᴄᴏʀsᴀɪʀ ᴍᴍ800
⠀⠀⠀⠀ʀᴀᴢᴇʀ sᴇʀᴠᴀʟ
Screenshot Showcase
Inventory 05/07/2016
37 6 1
Artwork Showcase
É bom os otacos ficarem espertos, porque agora a caveira ancestral endemoniada habita meu PC!
239 48 25
Favorite Guide
Created by - kadurama, andré., Xiba, Saygarn, and Corvo
Nós vamos lhe fornecer informações sobre as técnicas de scam comumente usadas e como melhor se preparar para evitá-las.
Review Showcase
25 Hours played
O retrato de uma geração repleta de adolescentes pseudorevoltados, depressivos e carentes.

Life is Strange conta a história de Max, uma estudante de fotografia que volta para sua cidade natal após 5 anos longe e descobre que tem o poder de voltar no tempo por um curto período. Max é uma jovem que convive com problemas comuns de filmes de adolescentes americanos no colegial, zoação na escola, baixa autoestima e, é claro, o mal contemporâneo da exclusão social.

No prólogo o jogo dá a entender que ela não se importa com nada a não ser suas fotos, a garota não se relaciona muito bem com os colegas de estudo e praticamente não tem amigos, há muita ênfase nisso pois com o avançar da trama você percebe que tudo o que ela precisava era de um amigo(a) de verdade, nesse caso Chloe, sua ex-amiga de infância. A trama central é sobre isso, mas há também sub-tramas adolescentes que tratam de forma interessante alguns temas que estão em ascensão no momento, como por exemplo o bullying, a depressão e o suicídio.

Um poema que você já sabe o final, porém faltando partes e escrito em uma língua alienígena.
Inovar em um mundo tão abundante de histórias quanto o nosso é difícil, praticamente impossível, eu diria. Mas não é necessário inovar para construir algo bom, autores se inspiram em autores e obras o tempo todo, isso é normal, mas e quando essa inspiração vai além do que deveria?

Clichê. Não existe uma palavra melhor na língua portuguesa para descrever este jogo. Desde sua apresentação até sua última cena, chegando ao ponto em que a obra se torne só mais uma em um milhão, e o pior de tudo é que não para por aí... É observando cenas patéticas como essa que você percebe o quão carente de um roteiro este jogo é. Fora isso, ainda há as atuações medíocres por parte dos atores que contribuem negativamente para a narrativa.

O enredo não é ruim, só clichê. Em uma mistura de Efeito Borboleta e Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres é que o jogo se encontra, porém, com um roteiro bem menos interessante, algumas cenas completamente inúteis e certos buracos tão grandes quanto os problemas sociais de Max. Por exemplo - alerta de spoiler - quando o jogo simplesmente se esquece de explicar de onde vieram os poderes da garota, o que não necessariamente estraga toda a experiência, mas a compromete de maneira significativa, poxa, não é como uma data confusa ou coisa do tipo, é algo fundamental que eles utilizaram para justificar toda a mecânica e jogabilidade, esse tipo de coisa não pode ficar de fora, nunca!

Outrora jogos com foco em narrativa buscavam conquistar os jogadores por causa de suas tramas com reviravoltas mirabolantes, seus personagens complexos e carismáticos, e seu enredo rico e cativante, mas Life is Strange provou que basta colocar uma jovem com problemas de socialização, tratar de temas comoventes e entupir tudo com um número exagerado de referências a cultura pop para que o jogo se torne um ''cult game'' e receba notas completamente injustificáveis em sites de ''mídia especializada''.

Inspiração e cópia.
''A Vida é Estranha'' se inspirou no estilo já saturado dos jogos da Telltale, jogos Point & Click que se mesclam com uma mecânica de decisões e utilizam gráficos cartunescos. É um modelo que funcionou durante certo tempo, mas que hoje em dia ficou saturado, tudo culpa dos mesmos ''inventores'' do estilo, a queda de qualidade nos jogos deles e a recém anunciada ''falência'' são fortes indícios disso.

A jogabilidade é simples e intuitiva, não há tanta interação relacionada aos controles, o jogo não apresenta nenhuma barreira pro jogador (a não ser a sentimental) e se resume em andar, clicar e fazer escolhas. A dificuldade é inexistente, afinal a proposta do jogo não é essa. Agora, o verdadeiro problema aqui é o fato do jogo insistir em apresentar quebra-cabeças ridículos quando eles são completamente desnecessários, e nesse caso não podemos usar a desculpa de que ''o jogo está te ensinando'', pois mesmo 5 horas à frente na campanha o jogo ainda estava me ''ensinando'' a mecânica de voltar no tempo que aprendi no prólogo.

Uma linda pintura, mas feita com tinta vencida.
Toda a identidade visual deste jogo é de uma natureza encantadora, os traços suaves no cabelo de Max, a pintura de um poster no quarto de Chloe, o movimento feito para representar o vento, enfim, tudo é incrivelmente maravilhoso.

O estilo artístico cartunesco adotado e seus detalhes ajudam imensamente na criação de uma vibe artística da qual o jogador se sente como se fizesse parte de uma obra de arte. Entretanto, nem tudo são flores... esse estilo gráfico adotado traz consequências severas que prejudicam a experiência de quem joga, como por exemplo o fato da péssima sincronização labial ser algo bastante comum (e inexistente em alguns diálogos) ou das animações se comportarem de maneira ''estranha''. Além disso, há a questão da falta de um antisserrilhamento bom, dos problemas com as sombras e da falta de capricho com certos detalhes do qual um jogador que jogou o jogo da forma correta (explorando e interagindo bastante) dificilmente não notará, tipo isso.

Efeito borboleta, mas com asas quebradas.
Este é um jogo de escolhas no qual suas escolhas afetam os caminhos, mas não o resultado. Você tem inúmeras opções que podem (ou não) influenciar o destino de certos personagens e criar diversas possibilidades, assim como em um RPG clássico, mas suas cagadas e acertos não terão impacto direto nas opções que lhe são apresentadas no fechamento da trama, e isso é de certa forma meio brochante para a conclusão.

De certo modo isso não compromete o jogo, mas desanima bastante por causa da casualidade proposta... o sentimento que fica é de que ''tanto faz'', já que pouquíssimas decisões têm real significado dentro da trama, como por exemplo alguém morrendo e vivendo.

Melodia, harmonia e ritmo.
Qualquer pessoa que já jogou algo na vida sabe o quão importante é a trilha sonora e os sons em geral, poxa, até mesmo games extremamente simples como Tetris possuem um sentido para os sons e para a criação de um aspecto maior, a profundidade do que cada som significa é importantíssimo para o jogo, por mais simples que ele seja. Uma goteira pingando em um local escuro remete ao que poderia ser um clima de terror, pássaros cantando lembram felicidade e tranquilidade, carros acelerando e buzinas tocando criam o clima de uma cidade grande, e Life is Strange, meu amigo, consegue realizar isso de uma maneira tão magnifica que é difícil descrever, a trilha sonora da obra é a verdadeira definição de ''eargasm'' (sensação prazerosa ocasionada na região auricular).

O único erro na parte da sonorização fica por conta da dublagem, é perceptível que a dublagem careceu de profissionalismo, não só pela atuação medíocre já citada, mas também pelo fato de que certas vezes fica fácil distinguir que uma fala subsequente foi gravada em outra sessão, há muita falta de entonação e isso prejudica a imersão.

Conclusão

Life is Strange é medíocre por suas questões técnicas de baixíssima qualidade e pela falta de criatividade dos roteiristas e escritores, mas talvez consiga se sustentar por apresentar uma arte excepcional e uma trilha sonora que quase me fez chorar como um bebê.

Ele conta uma história clichê de adolescentes melodramáticas e aborda de forma interessante temas importantíssimos que afetam os jovens e que provavelmente cativarão quem está mais suscetível a emoções ou quem se identifica com tais temas.

Espero que agora tenha ficado claro o porquê de eu não recomendar este jogo. Não se trata de ódio gratuito, se trata de não concordar que este jogo mediano seja chamado de ''o melhor de todos os tempos''.
Achievement Showcase
3,889
Achievements
18
Perfect Games
18%
Avg. Game Completion Rate
Favorite Group
Welcome Katowice 2014 Collectors!
8,808
Members
372
In-Game
1,921
Online
174
In Chat

Recent Activity

5.7 hrs on record
last played on Nov 11
0.0 hrs on record
Currently In-Game
Achievement Progress   0 of 100
5.8 hrs on record
last played on Nov 11
Gardemi14 18 hours ago 
nn
A m a d e u s 19 hours ago 
Assina Meu Perfil Pf Seu Dlç <3 :steamsad:
Lierk 23 hours ago 
aceita add aí?
Gardemi14 Nov 10 @ 11:55am 
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
YAN Nov 10 @ 10:32am 
+respect